terça-feira, novembro 11, 2008

PERGUNTA (IN)CONFORMISTA

Se quem pode não faz
O que eu posso fazer?

2 comentários:

[denise abramo] disse...

mano,

vc pode continuar denunciando isso, que com certeza já é uma grande coisa.

parabéns pela poesia, pela sensibilidade e pela coragem.

salve!
::

r.c. disse...

valeu pela força, denise.

e é desse jeito:

nóis capota
mai num breca.

abraço,

r.c.