quarta-feira, agosto 12, 2009

CONSTATAÇÃO (poemeto)


é fato:
todos os casais que conheço
são um saco.
um saco.

tão cheios de si
tão cheios um do outro
brigam mais do que cães e gatos
mas não tem coragem de chutar
o pau do barraco.

é fato:
todos os casais que conheço são um saco!

e eu me pergunto:
onde está o Amor?
cadê? cadê aquela flor roxa
que nasce no coração dos trouxa?
cadê?

eu quero a minha!
e por que me deixaram assim
sem nenhuma flor no meu jardim?
eu quero a minha, pô!

mas aí é só olhar pro lado e, que saco!
todos os casais que eu conheço
parece que só brigam...

porra, isso é um fato!
e é um saco,
um saco.

7 comentários:

Estêvão Campos - DF disse...

Salve, Rodrigo. Muito bom o poemeto, mano!!! É bem assim mesmo...

Luciana disse...

mto legal seu blog rodrigo!
adorei!
gostei da poesia.. me identifiquei total! hehehe

Bjsss, Luciana (cooperifa)

LUA DA PAZ disse...

É teu?

r.c. disse...

Salve, Estevão.
Estou vivendo um momento de (des)conselheiro amoroso.
Porque é fato:
todos os casais que conheço são um saco! (rs)
Abraço

r.c. disse...

Volta sempre, Lu.

r.c. disse...

Sim, Lua. É meu.
"Baseado em fatos reais" kkkk
- eu ando muito desiludido
com o meu umbigo -
Beijo

WILSÃO NEGREDO E RENATO VITAL A CORRENTE FORTE DO GUETO disse...

salve poeta, muito loka a poesia. Nós se tromba mano. abraços.