quinta-feira, julho 19, 2007

uma tragédia na sociedade do espetáculo ou mais um espetáculo numa sociedade trágica?

recesso escolar. não sei se é o curto período de férias mas, que preguiça! ao contrário do que faço quando estou dando e preparando aula, corrigindo provas, preparando textos, neste recesso não estou lendo. apenas sentado. ouvindo filmes e vendo músicas. muitas.
tragédias.
por favor, parem de repetir as imagens. chega de links ao vivo, corpos sendo retirados. explosões, cenas exclusivas, novos depoimentos. chega de hollywood. chega de espetáculo. a lente da tv não consegue dimensionar uma tragédia como essa. não será a lente da tv que medirá o tamanho da frustração, da raiva das pessoas. da tristeza.
um acidente premeditado como esse - afinal, você já olhou ao redor de congonhas? só tem casa amigo - na principal cidade latino-americana está sendo um prato cheio para a mídia gorda. tudo bem, estão tristes. lógico, quase todo mundo está. mas, que prato cheio. estão se esbaldando com a miséria alheia. e a classe média, preocupada em culpados, preocupada em linchar o lula-escariotes, nem percebe a exploração de sua tragédia.
besteira da minha parte? lembro muito bem, no ano passado quando caiu o avião da gol, no meio da mata. não tinham imagens, não tinham links ao vivo, não tinham fácil acesso. apenas a confirmação da tragédia: mais de 140 mortos (pensava-se). o que a mídia fez? preferiu dar o "escândalo" das fotos vendidas pelo "políça" federal. lembram? aquelas fotos que mostram o pacotão de dinheiro em cima da mesa? igual a que fora encontrada antes com a candidata que virou picolé? a sarney? não lembra? então esquece. naquela época era reta final da eleição presidencial. e como o picolé de chuchu tinha esperança de ganhar do lula, preferiram noticiar, 1ª capa a foto. o acidente da gol, na época o maior da história, foi colocado a segundo plano.
não tinha foto. não tinha link ao vivo. não era espetáculo. não virou notícia.
e nem bem os culpados foram apurados, o linchamento já começou. ao vivo. e vivo. o principal alvo, você ainda não viu?
os poupados?
não sabe do que estou falando?
ah, não vou abrir os olhos de ninguém. aqui eu só coloco os efeitos colaterais "que o teu sistema fez". e se você não sabe do que estou falando é por quê não estamos no mesmo planeta.
agora, chega de espetáculo. apurem-se os fatos. identifiquem os culpados. cumpra-se o puna-se. e tratemos de outras tragédias que estão no ar, no chão de terra batida, entre becos, vielas e barracos. há muito mais tempo.

rodrigo

2 comentários:

dinha disse...

Por essas e outras espero o seu livro...
A propósito, entra no blog do maloca: malocapraquetequero.blogspot.com
tamo ensaiando.
beijos!

rodrigo ciríaco disse...

dinhaaaaaa.
o meu livro fica pro ano que vem. já estou gerindo, digerindo e outras coisas. já tem o título. depois de conto.
ah, e serão de contos.
beijos...