terça-feira, fevereiro 12, 2008

Fotos DA FRENTE DO FRONT ou notícias dos CRIMES DE GUERRA

Escola Estadual Jornalista Francisco Mesquita, Vila Cisper, Zona Leste de São Paulo
08 de Fevereiro de 2007
ANTES da Reforma

Sala de aula alagada


Outra sala

Terceira sala de aula: paredes emboloradas, infiltrações.
Aqui estudava crianças, jovens e adultos.


Escola Estadual Jornalista Francisco Mesquita, Vila Cisper, Zona Leste de São Paulo
25 de Julho de 2007
DURANTE a Reforma
Sala de aula alagada

Detalhe da sala alagada

Veja a lousa. Aqui fizemos o nosso planejamento de meio de ano.
Escola Estadual Jornalista Francisco Mesquita, Vila Cisper, Zona Leste de São Paulo
12 de fevereiro de 2008 (HOJE)
04 meses DEPOIS da entrega da Reforma
Sala de aula alagada (veja como é parecido com a primeira foto, no topo)

Lousa recém trocada, embolorada. Você aperta e ela faz plosh!

Paredes já emboloradas, novamente.
CUSTO DA REFORMA:
R$: 537 mil reais
(ou MEIO MILHÃO DE REAIS)

Isto é o NOSSO dinheiro público
Jogado no LIXO.
"O Brasil é o País do Futuro"

4 comentários:

Anônimo disse...

puts q brasil de contrastes já nao temos escolas na perifa e as q tem sao nesse estado enquanto esse pilantras gastam milhoes pra reformar uma avenid paulista que se dane a periferia

(pretha.blogspot.com)

Luiz Carioca disse...

na minha opinião já deixou de ser teoria da conspiração o sucateamento da educação pública para promover a educação privada. antes, era apenas para as elites, hj se tornou um negócio lucrativo até para as classes menos favorecidas.

[denise abramo] disse...

não deu pra entender o que fizeram afinal com tanto dinheiro...
quer dizer... até deu, né... com certeza no bolso de alguém essa grana foi parar...

Marcos disse...

Hoje estudo nesta escola, e nada mudou, tem sala entulhada de carteiras quebradas, iluminação nem se quer, tem corredor que não acende nenhuma lâmpada, parece o corredor da morte, sabendo de tudo isso, de toda a sacanagem dos embolsadores de dinheiro dá revolta.
O duro é adimitir que grande parte dos alunos não colaboram!